Exposições do projeto “Memórias nas linhas dos livros”.

O Projeto Cultural “Memórias nas Linhas dos Livros”possibilitou um “mergulho” em um túnel do tempo, momento no qual os participantes puderam reviver momentos vividos que trouxeram à lembrança sentimentos da infância e adolescência, principalmente, aquela alegria e prazer da juventude. Nos nove encontros/oficinas foram trabalhados temas principais e também temas secundários, que auxiliaram no fortalecimento de vínculo, trabalhando memória, arte e cultura, autonomia e protagonismo, a pessoa idosa (a idade e o tempo), envelhecimento ativo e saudável, entre outros.

A partir de cada tema principal foram escolhidas poesias, músicas, imagens, desenhos, fragmentos de filmes, desenhos para pintar e técnicas mistas de pintura, para que contribuíssem com o desenvolvimento do projeto. O objetivo dos encontros/oficinas, além de gerar momentos de prazer e alegria aos participantes, foi o de estimular memórias e coletar histórias. O Projeto atendeu 122 idosos inscritos com idade igual ou superior a 60 anos, participantes do CRAS Morangueira, Casa de Emaús, Centro Dia do Idoso e CRAS Iguatemi, os quais com muito carinho e generosidade compartilharam conosco suas belíssimas histórias, repletas de luta, amor, superação, lágrimas e risos.

As cores apresentadas nos desenhos e pinturas, bem como nas linhas e formas refletem as representações dos sentimentos e pensamentos que foram despertados a partir de estímulos dados no desenvolvimento de cada tema, que foram conduzidas às lembranças da infância, adolescência, fase adulta e atual. Quando associamos trabalhos que envolvam textos escritos, leituras, músicas e arte conseguimos ativar ao mesmo tempo várias partes do cérebro, e além de ativar memórias, caso seja associada uma nova informação a outra já existente, há possibilidades de construção de novas sinapses, melhorando as atividades neurais, gerando sensação de bem estar!

Este Projeto foi idealizado, desenvolvido e realizado pela ASE Cultural, e foi viabilizado por meio do Prêmio Territórios Culturais/2018, da Secretaria Municipal de Cultura de Maringá, e ministrado por Alessandra Carvalho (doutoranda em literatura e especialista em neurociência cognitiva e comportamental) – responsável pelo desenvolvimento literário e neurocientífico, juntamente com Linda Honorato (master coach com formação em PNL – Programação Neurolinguística, terapeuta e artista plástica) – responsável pelo desenvolvimento do processo de arte como terapia dentro do projeto. Tema das exposições: “EXPOENTE DE MEMÓRIAS”!